nariz entupido

Nariz Entupido e o Vício Perigoso

Nariz entupido é uma queixa rotineira em nossos consultórios. Igualmente frequente é o vício em gotas nasais, um problema tão sério quanto comum. Quem nunca teve o vício, deve ao menos conhecer alguém que não larga seu frasquinho de “remédio de nariz”, nome dado popularmente aos descongestionantes nasais tópicos. Que bom ver o alerta do estado de São Paulo na sua página no Facebook. Infelizmente é pouco, perto do tamanho do problema.

image

A história que se repete todos os dias. O caminho do vício quase sempre é inocente. Numa crise alérgica ou num resfriado o sendo o paciente portador de um desvio do septo nasal, sofrendo com o nariz entupido e sem conseguir dormir pela obstrução, a pessoa é apresentada a um descongestionante tópico. O efeito é mágico e imediato. Mas, como mágica não existe, horas depois sente-se necessidade de usar novamente. Depois de alguns dias já não se consegue viver sem ele. E o nariz entupido segue pior do que antes… Há inúmeras marcas vendidas livremente nas farmácias. Em 2013 uma pesquisa identificou o medicamento Neosoro (que não é soro!) como o mais vendido no país, à frente dos medicamentos indispensáveis para o tratamento de doenças crônicas e graves como a diabetes, hipertensão arterial, e outras mais.

Riscos dos “Remédios de Nariz”

Vai aqui um aviso direto, se você faz uso de medicamentos desse tipo, você precisa procurar um médico otorrinolaringologista logo! Caso contrário, além do nariz entupido, prepare-se para as consequências listadas abaixo:

Arritmia cardíaca e pressão alta: Muitos já podem ter experimentado taquicardia após o uso. Pessoalmente já fui chamado para atender um paciente internado numa UTI coronariana pelo uso abusivo dos descongestionantes nasais.

Rinite medicamentosa: Esse é o mais comum dos efeito colaterais e começa a se manifestar 4 dias após o início do uso das gotas, graças ao que fenômeno conhecido como efeito rebote. Simplificando, esse efeito faz com que, passado a ação do descongestionante, o nariz fique ainda mais obstruído do que estava antes. Assim o remédio passa a ser a solução e o problema, num círculo vicioso que termina quase sempre numa indicação de cirurgia para corrigi-lo.

Aumento da próstata: Problema comum entre os homens acima dos 60 anos, a hiperplasia benigna da próstata pode ser muito agravada pelo vício dos descongestionantes tópicos nasais.

Insônia: Muitas vezes as gotas são usadas para aliviar a respiração que atrapalha o sono, mas o tiro as vezes acaba saindo pela culatra uma vez que o remédio desentope o nariz, mas interfere negativamente no sono.

LINKS:

Saiba mais sobre a cirurgia do Desvio de Septo

Causas e Consequências de Respirar pela Boca