respirar pela boca

Teste para saber o que é respirar pela boca: Feche o nariz com os dedos como se fosse mergulhar na água e respire pela boca por cinco minutos. Em seguida, continue a leitura…

Se você conseguiu completar essa tarefa (pouco provável) você deve ter constatado ao menos três coisas:

  1. Você nunca pensou que cinco minutos fosse tanto tempo
  2. Sua boca deve estar bem mais ressecada do que o normal e talvez você já esteja com um copo de água na mão
  3. Respirar pela boca é muito ruim

Agora imagine que cerca de 50% das crianças respiram pela boca com frequência e também um grande número de adultos.

CAUSAS

Por trás da respiração bucal está quase sempre a incapacidade de se respirar bem e confortavelmente pelo nariz, restando a boca o papel de suprir nossos pulmões de todo o ar e oxigênio que nossos órgãos precisam para desempenhar bem suas funções mais básicas como comer, dormir, se exercitar… Por isso nós que lidamos com esse tipo de situação costumamos chamar esse erro respiratório de respiração bucal de suplência.

Abaixo vejas algumas causas comuns que fazem com que alguém passe a respirar também pela boca:

  1. Rinite Alérgica: As condições da vida moderna (poeira doméstica, fungos, pelos de cães e gatos, poluentes do ar, cosméticos, produtos de limpeza) estão por trás dessa verdadeira epidemia. Estima-se hoje que 40% da população sofra de rinite alérgica, que além de poder trazer espirros repetidos, coriza e coceira no nariz, tem como um dos sintomas mais frequentes a obstrução nasal.
  2. Aumento da AdenoideComum nas crianças até os 5 ou 6 anos, o aumento da adenoide (e das amígdalas) pode levar a um quadro de respiração bucal, roncos à noite e mesmo à apneia do sono.
  3. Desvio do Septo NasalUm mal posicionamento da parede que separa internamente as duas cavidades nasais é comum em adultos e um pouco menos frequente em crianças.
  4. Sinusites ou Pólipos NasaisAlgumas pessoas têm uma tendência genética a sinusites ou a formação de pólipos dentro do nariz. Ambas situações provocam inchaço das paredes internas do nariz, levando à obstrução.
  5. Mal Formações da Face: Síndrome de Down, fendas palatina e outras síndromes podem levar à um padrão respiratório bucal.

CONSEQUÊNCIAS

O nariz é a porta de entrada natural do ar em nossas vias respiratórias. A respiração nasal, quando acontece da maneira adequada, propicia a filtragem, o aquecimento e a umidificação do ar que respiramos para que este chegue aos pulmões nas melhores condições possíveis. Além disso a respiração pela nariz ajuda a manter os pulmões dilatados e leva a sensação de bem estar difícil de se obter pela respiração pela boca. Se duvidar, repita a experiência do primeiro parágrafo!

Respirar pela boca coloca as pessoas em risco dos seguintes problemas:

  1. Alterações da Face e da Oclusão Dentária: O fluxo aéreo natural deve acontecer pela cavidade nasal. Quando acontece pela boca, algumas forças atuam deslocando estryturas e guiando o crescimento ósseo de maneira anormal.
  2. Ronco e Apneia do Sono: Seguindo as alterações faciais e com a possível soma de outros fatores, a via aérea alta tende a ficar obstruída durante o sono, o que pode levar ao ronco e à apneia do sono.
  3. Infecções das Vias Aéreas: O ar que entra pela boca perde o “condicionamento” realizado pelo nariz. Assim, a garganta e pulmão podem ficar fragilizados pela agressão desse ar de má qualidade.
  4. Cansaço Frequente: A respiração pela boca provoca desconforto durante o dia e um sono ruim durante a noite. O resultado pode ser um cansaço contínuo.
  5. Piora da Bronquite (Asma)

 Luciano Moreira – Médico Otorrinolaringologista