apneia criancasAcompanho Luca há 6 meses. Ele me foi trazido pelos pais que suspeitavam que ele não “respirava direito à noite”. Eles me contaram que passam as noites em claro, impressionados com os roncos e o esforço que o pequeno fazia para respirar enquanto dormia. Além disso, algumas vezes parecia que Luca parava de respirar. Apesar de não usar mais fraldas desde os 3 anos e agora estar com 5, ele ainda fazia xixi na cama com frequência. Por fim, na escola a professora mais de uma vez já tinha advertido aos pais que Luca parecia cansado e eventualmente cochilava na sala de aula.

O relato dos pais na primeira consulta era bastante rico. Todos os sintomas me levavam a acreditar que Luca apresentava a síndrome apneia obstrutiva do sono. Ao examiná-lo minha suspeita ficou ainda mais forte, ao constatar a presença de amígdalas muito grandes, certamente causadoras da obstrução respiratória que dava origem a todo o problema. Quatro meses após, depois de alguns exames complementares e a tentativa frustrada de melhorar a sua respiração com algumas medicações orais e nasais, Luca foi submetido à cirurgia para remoção das amígdalas e da adenoide. Depois disso, Luca parou de roncar, de fazer xixi na cama e tem o sono mais calmo. Ele tem agora o sono tão tranquilo que os pais, nas primeiras noites após a cirurgia, volta e meai iam ao seu quarto para conferir se ele estava respirando, já que não podiam mais ouvir o ruído do ronco do quarto deles.

Aproximadamente 10% das crianças roncam à noite, e cerca de um terço dessas podem sofrer de apneia obstrutiva do sono. Os riscos da apneia em crianças ainda são poucos conhecidos pela população em geral. São eles:

  • Hiperatividade e agressividade
  • Sonolência durante o dia
  • Hipertensão arterial e outras alterações cardíacas
  • Diabetes, aumento do colesterol, síndrome metabólica
  • Atraso no crescimento

Caso seu filho apresente roncos com frequência a noite, procure um otorrinolaringologista. Ele pode ser vítima da síndrome da apneia/hipopneia obstrutiva do sono (SAOS).

Links:

Doutor, ainda se operam a amígdalas?

Amígdalas e Adenoides

Ronco em Crianças; 10 Sinais de Alerta