A Vida Após o Implante Coclear

Embora o IC não possa recuperar a audição normal, a grande maioria dos pacientes passa a ouvir bem mais e melhor com ele. O objetivo principal do IC é dar ao paciente acesso aos sons que compõem a fala. Entretanto na prática, os resultados podem variar desde a capacidade de perceber sons do ambiente até o desenvolvimento de uma fala e comunicação oral excelentes.

Como descrito no tópico anterior, o resultado final depende da idade, tipo e duração da surdez, linguagem oral prévia, dedicação do paciente e da família à reabilitação e outros fatores mais difíceis de se estabelecer, como a integridade e viabilidade do nervo auditivo.

Esse tópico foi introduzido no Guia do IC para responder quais a mudanças o implante traz no dia-a-dia do usuário, independente do resultado auditivo.

Limitações e Cuidados Após o IC

  • Detectores de Metais: As áreas de controle de segurança dos aeroportos, agências bancárias e alguns órgãos governamentais fazem uso de detectores de metais. Os portadores de IC (assim como de marcapassos cardíacos) não devem passar por esses detectores com seus dispositivos ligados. Normalmente basta comunicar aos agentes de segurança, que farão um controle por revista individualizada. A carteirinha fornecida pelo fabricante é útil nesses momentos;
  • Ressonância Nuclear Magnética: Pacientes com próteses metálicas de todos tipo podem ter dificuldade de fazer exames de ressonância magnética. No IC, a presença do imã que segura a antena impede a realização da maioria desses exames. A maioria dos fabricantes considera útil a realização de exames em aparelhos que operam com campos magnéticos de até 1,5 tesla. Entretanto, há uma tendência atual de seusar aparelhos de 3 tesla. Nesses aparelhos, apenas o modelo Synchrony da marca Med-el está liberado. Para os demais, em caso de necessidade extrema, algumas marcas permitem que seus ímãs sejam temporariamente removidos através de um procedimento simples e com anestesia local, antes da realização desses exames;
  • Bisturi Elétrico: Em cirurgias de várias especialidades é comum o uso do eletrocautério para corte e coagulação. O bisturi elétrico do tipo monopolar não pode ser usado em pacientes com IC, sendo liberado o uso do cautério bipolar. Diante da necessidade de qualquer cirurgia, o ideal é que o cirurgião que fará o procedimento entre em contato com o cirurgião que fez o IC, portanto, nunca esqueça de informar ao seu cirurgião que você possui um implante coclear.

 

As Vantagens – Ter um IC também é ter alguns benefícios com os quais os ouvintes só podem sonhar…

  • Controle de intensidade. Durante as programações do IC, é realizado um ajuste da intensidade máxima e mínima da sensação auditiva. A intensidade máxima é aquela que não traz desconforto auditivo ao paciente. Assim, estando ao lado de uma britadeira, sirene, vuvuzela ou seja qual for a aberração sonora que pode trazer dor aos ouvidos nos ouvintes, o portador de IC fica numa boa;
  • Entrada de áudio: Seja com uso de cabo ou com a tecnologia sem fio (bluetooth), alguns modelos de IC permitem que você ligue qualquer saída de áudio (microfone sem fio, celular, player, TV), excluindo todos os outros sons do ambiente. Assim, falar ao telefone (para os implantados que já conseguem fazer isso), assistir TV e ouvir uma música fica bem mais fácil em ambientes barulhentos. O mais próximo que um ouvinte pode chegar disso é usando os fones com cancelamento de ruído, que não são 100% eficazes;
  • Conectividade sem fio:  Ao se tornar biônico, o usuário de implante coclear também torna-se wireless. A maior parte dos modelos atuais de processadores é compatível com dispositivos de transmissão sonora sem fio. Embora os ouvintes também já podem se beneficiar de fones de ouvido sem fio, apenas os usuários de IC e aparelhos auditivos têm a oportunidade de conectar seus dispositivos à microfones de transmissão de som, como o Roger Pen (Phonak) ou Mini-Miv (Cochlear). Com esses microfones, as conversar em ambientes barulhentos, como restaurantes e bares fica muito mais fácil. Não é raro que os usuários conectados à esses microfones ouçam melhor nessa situação do que ouvintes “desarmados”. Esses microfones também ajudam muito em reuniões e salas de aula.
  • Botão ON/OFF. Você está atravessando a esquina da avenida mais barulhenta? Viajando de avião sentado ao lado da turbina ou de uma criança chorando? Sentado pra fazer um trabalho e o vizinho começa uma obra com quebra-quebra que vai durar todo o dia? Ouvir é um sentido fundamental para a boa interação com o meio ambiente, mas nem todo som é desejado ou agradável. Para os implantados, nesses momentos está disponível o botão OFF!

2 comments

Deixe uma resposta