Como TRATAR a SURDEZ – Dr. Luciano Moreira – Otorrino – Rio de Janeiro

Em março de 2021, a Organização Mundial de Saúde divulgou o Relatório Mundial da Audição (World Hearing Report). Ele mostra que temos 1 bilhão e 500 milhões de pessoas com algum grau de surdez hoje no mundo.

Infelizmente, a maioria das pessoas sequer sabe que surdez tem tratamento. E, mais do que isso, deve ser tratada o quanto antes, em função dos inúmeros prejuízos que traz para a vida das pessoas quando não é tratada!

Como Tratar a Surdez

A possibilidade de tratamento e a escolha do método a ser aplicado a cada caso pode depender das causas, do tipo de perda auditiva (condutiva ou sensorioneural) e do grau desta perda.

Desta forma, a maioria dos casos de surdez condutiva, aqueles oriundos de problemas da orelha média (otites, otosclerose) ou externa, podem ser tratados, total o parcialmente por tratamentos médicos, remédios e algumas cirurgias.

O maior desafio se dá no tratamento dos pacientes com a surdez sensorioneural, causada por danos as estruturas dentro da cóclea ou no nervo auditivo. Esta é, na maioria das vezes, uma lesão de estruturas nervosas, como neurônios ou as chamadas células ciliadas.

Para estes casos a medicina não dispõe na atualidade de maneiras de recuperar a função dessas células, sendo portando o tratamento paliativo.

Nos casos de surdez sensorioneural de leve a moderada e até severos, a opção se dá muitas vezes por aparelhos auditivos, amplificadores, que têm tido grande avanço na atualidade com a introdução de novos avanços tecnológicos.

Alguns dos aparelhos atuais podem mudar seus programas de funcionamento sozinhos conforme o padrão de barulho do ambiente. Além disto, possuem tecnologia sem fio para comunicação com aparelhos de som, celulares, computadores.

Do ponto de vista externo, os aparelhos auditivos vêm se tornando cada vez menores e mais estéticos e já não trazem mais o estigma de antigamente.

Surdez Profunda e Implantes Cocleares

Sem dúvida, os pacientes que mais têm prejuízo com a surdez sensoriioneural são aqueles portadores da mesma no grau severo ou profundo. Para estes, mesmo os aparelhos auditivos podem muito pouco, uma vez que mesmo um som bastante amplificado não pode ser captado e transformado pela cóclea com um grau de lesão muito grande. Para estes casos existe o implante coclear.

O implante coclear é também, conhecido como ouvido biônico, é um dispositivo eletrônico transformados de energia sonora em impulsos elétricos.

Sua função substituir parcialmente uma cóclea que não pode mais funcionar, captando os sons ambientes por um microfone, transformando-os em impulsos elétricos que irão estimular diretamente o nervo auditivo, que os conduzirá até o cérebro.

Embora seja capaz de resultados extraordinários em crianças que nascem surdas e em adultos que perdem repentinamente a audição, o implante é realizado todos os casos de surdez severa ou profunda e somente uma avaliação rigorosa por uma equipe de médicos e fonoaudiólogos especializados pode estabelecer esta indicação.

LEIA MAIS

GRUPO SURDOS QUE OUVEM

Se você tem deficiência auditiva, torne-se membro do grupo fechado Surdos Que Ouvem no Facebook e converse com outras pessoas que têm algum grau de surdez.

SIGA DR. LUCIANO MOREIRA NAS REDES SOCIAIS

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

Dr. Luciano Moreira

Dr. Luciano Moreira – CRM-RJ 65192-3

Dedicado à divulgação das novidades da especialidade, especialmente no tratamento da surdez, implante coclear, cirurgia do nariz e otorrinolaringologia infantil.

Outros Posts

Categorias

Open chat
Precisa de ajuda?